Bruno Senna sofre com pneus no final e é apenas 13º

Brasileiro reconhece que não teve "final de semana dos sonhos" e acredita que poderia ter adotado uma estratégia melhor

Bruno Senna foi o 13º na Coreia

Longe de ter o “melhor final de semana do mundo”, Bruno Senna apontou a dificuldade em fazer o pneu durar no último stint como o principal fator para a 13ª colocação no GP da Coreia. O piloto brasileiro acredita que fez sua segunda parada cedo demais, o que o afetou no final da prova.

“Infelizmente, a corrida foi um pouco difícil, com uma largada ruim, na qual perdi algumas posições, mas acho que na estratégia também temos de melhorar um pouquinho. Fiz a última parada cedo demais e foi difícil fazer o pneu durar nesta última sequência inteira. Precisamos dar uma olhada em como foi a corrida para ver se conseguimos melhorar para a próxima.”

O brasileiro chegou a fazer tempos cinco segundos piores que os pilotos que o cercavam nas últimas voltas, devido ao desgaste.

“Como ficamos muito tempo perto de outros carros, tentamos mudar um pouco a estratégia. No começo estava funcionando, mas no final acabou não sendo o certo.”

Porém, ao menos a Renault não saiu da Coreia com um prejuízo muito grande no Mundial de Construtores: enquanto o time ficou zerado, sua rival mais próxima, a Force India, marcou apenas um ponto.

“É importante que a Force India não tenha marcado muitos pontos. Infelizmente, não foi o melhor final de semana do mundo, mas é bola para frente e tentar melhorar.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Yeongam)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias