Burti: "Red Bull tem vantagem nos treinos, mas não é o caso na corrida"

Piloto destaca estrategias no GP da Espanha, além de força da McLaren nas corridas, ao contrário da Red Bull

Luciano Burti

Ex-piloto de F-1, atualmente dividindo as funções de comentarista da Rede Globo e competidor da Copa Caixa Stock Car, Luciano Burti falou com o TotalRace neste fim de semana e fez uma análise sobre o GP da Espanha de F-1, que acompanhou "in loco".

Para Burti, a prova foi interessante no quesito tática, que ajudou carros como a Renault de Nick Heidfeld, que saiu de último e chegou em oitavo. O ponto alto, no entanto, foi a briga entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel, mostrando a força da McLaren nas corridas.
 
"A prova foi legal. Às vezes, a gente reclama por conta da ausência de pilotos brasileiros na frente, mas foi legal a diferença de estratégias entre Red Bull e McLaren, além do Heidfeld, que veio lá de trás. Foi uma prova legal nesse ponto", analisa.
 
"A Red Bull tem vantagem na classificação, mas não é o caso na corrida. A Ferrari sempre é boa de corrida, mas não foi o caso; a McLaren se mostrou até mais rápida. Existe alguma coisa que eles [Red Bull] fazem na classificação que é excelente. Foi uma briga legal entre os dois e o Hamilton quase passou", comenta.
 
Por fim, Burti faz uma análise do que pode ser esperado em Mônaco, torcendo para McLaren e Ferrari diminuírem a vantagem nas curvas e retas curtas do Principado. Assim, a prova terá mais emoção que o normal.
 
"Teoricamente, Mônaco pede mais pressão aerodinâmica, é uma pista que exige o máximo. Lá, o tipo de asa é totalmente diferente de outras corridas e o carro, às vezes, não é muito rápido de reta, o que não faz diferença. Ferrari e McLaren, mesmo com o problema do arrasto, podem conseguir andar bem lá. Vamos torcer para que seja o caso e não fique chato."
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias