Buscando as primeiras colocações, Red Bull pretende ter um melhor desempenho na Malásia

Equipe não teve um bom resultado na Austrália e busca o desenvolvimento do carro para ser mais competitivo

A Red Bull pretende deixar o “chororô” de lado para correr atrás do prejuízo. Após um resultado desfavorável na Austrália, com apenas Ricciardo terminando na zona de pontuação a equipe e Kyvat nem conseguindo largar, a equipe busca tirar o melhor do carro.

[publicidade]Com a sexta colocação na Austrália, Ricciardo se diz otimista, mas sabe que tem muito trabalho pela frente: “Estou me sentindo bem para a próxima corrida, eu sei que tem um monte de coisas para melhorar e acho que podemos alcançar alguns carros na Malásia, o que nos dará um pouco mais de desempenho”, disse.

O vencedor de três provas no ano passado, ainda fala do desgaste físico provocado pelo forte que calor e da alta umidade que existe na Malásia: “Quanto mais hidratado você estiver, mais o seu corpo despacha o calor. E fazer algum treinamento de calor antes do evento para que você não sinta tanto. Mas uma vez que você está no carro, é como uma sauna e você não pode desistir", conta.

Daniil Kyvat tem boas lembranças da pista malaia e pretende buscar os primeiros pontos neste final de semana: “A Malásia significa muito pra mim. Eu ganhei a minha primeira corrida de monopostos lá, há cerca de cinco anos atrás, boas lembranças. Mas é uma corrida difícil e desafiadora para um piloto pois lá é conhecido por ser muito quente”, finaliza.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias