Button ainda crê em pódio para McLaren. Última chance é no Brasil

Desde 1980 que time inglês não passa uma temporada inteira sem frequentar a cerimônia de premiação

Caso nem Button, nem Pérez subam fiquem entre os três primeiros no GP do Brasil, o que é bem provável de acontecer, a McLaren irá igualar uma marca negativa que ocorreu apenas outras duas vezes em sua história de quase 50 anos: a de ficar uma temporada inteira sem pódio.

Os melhores resultados do time até agora no ano foram dois quintos lugares, um com Jenson Button, na China e outro com Sergio Pérez, na Índia. Mesmo com este retrospecto Button ainda sonha com um pódio na última corrida para não passar a temporada em branco.

“Tirando as duas Red Bull e, talvez, a Lotus do Grosjean, não acho que estamos longe dos outros carros. Em relação ao resto, estamos juntos, então se ocorrer tudo conforme o planejado, podemos obter um bom resultado e até um pódio no Brasil”, disse o inglês, que venceu em Interlagos no ano passado.

Na F1 desde 1966, a McLaren ficou uma temporada inteira sem subir ao pódio apenas em 1971 e em 1980.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias