Button reflete sobre os riscos no esporte a motor

Piloto inglês da McLaren afirma que o automobilismo é diferente dos outros esportes por conta dos perigos constantes

Jenson Button

Depois de dois acidentes fatais nas duas últimas semanas, a morte voltou a ser asunto na F-1.

A categoria, que não perde um piloto desde Ayrton Senna em 1994, tem ascendência inglesa e sentiu bastante a morte de Dan Wheldon.
 
Jenson Button comentou sobre o assunto, assim como todos os outros pilotos do grid, e afirmou que o perigo é constante no automobilismo e os pilotos precisam lidar com isso.
 
"Todo tipo de esporte a motor é perigoso. Mas existem diferentes níveis de perigo. MotoGP é MotoGP, você não tem nada ao redor desde os primórdios", conta Button, voltando ao assunto Wheldon.
 
"Na Indy você anda em alta velocidade o tempo todo. É uma velocidade muito alta para ficar a centímetros dos outros carros. Mas a Indy sempre foi assim", continua o inglês. "Vencer Dan era um triunfo", relembra.
 
Sobre a pista, Button se disse impressionado. "No simulador as curvas eram diferentes. Lá, as curvas eram apertadas, e aqui não. É uma pista rápida e após a curva 9 é tudo muito rápido", completa.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias