Calendário só deve ser definido após início da temporada

Ecclestone admite que não sabe onde será realizado GP da Alemanha e diz que plano era fazer 20ª etapa na França

Bernie Ecclestone admite que o calendário oficial para a temporada da Fórmula 1 em 2013 deve sair apenas após o início da temporada. A dúvida é a respeito do local em que será disputado o GP da Alemanha, uma vez que o CEO da FOM admite que não deve haver um GP para substituir Nova Jersey, que foi cancelado por falta de pagamento.

“Temos um GP da Alemanha, mas não sabemos onde será”, afirmou Ecclestone. “A corrida está garantida, está no calendário. Podemos decidir após o início da temporada.”

Teoricamente, a corrida deste ano seria realizada em Nurburgring, respeitando a alternância com Hockenheim. No entanto, o circuito está perto da falência após um grande investimento para a construção de um shopping, um parque de diversões e um hotel não gerou o retorno previsto.

Perguntado se a Fórmula 1 deve correr em Nurburgring neste ano, Ecclestone disse acreditar que “não. O problema é que as pessoas que estavam lá foram embora. Eles não têm dinheiro suficiente. Então veremos.” O inglês explicou que está em negociações, mas “não sabe o que vai acontecer”.

Em relação à data reservada para a realização da 20ª etapa do campeonato, duas semanas após o GP da Alemanha, Ecclestone reconheceu que nenhuma prova deve ser marcada. Entre as candidatas a substituir Nova Jersey, que teve sua estreia cancelada, estariam Áustria e Turquia. Mas o inglês afirmou que o plano era retomar o GP da França. “Mas acho que teremos 19 corridas neste ano”, admitiu.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias