Campanha da Toro Rosso é "patética", diz diretor

James Key lamenta grande quantidade de problemas técnicos que o time vem sofrendo nesta temporada

Com 17 pontos em 11 provas, a Toro Rosso vem tendo uma temporada decepcionante. Tanto, que o diretor técnico do time, James Key, classificou os resultados da equipe como “patéticos” dado o potencial demonstrado pelo carro.

[publicidade] O grande problema da Toro Rosso tem sido de confiabilidade – seus pilotos somam oito abandonos até aqui. Por outro lado, Jean-Eric Vergne e Daniil Kvyat tâm conseguido se classificar dentro do top 10 em diversas provas, mostrando que o chassi é rápido.

“Está tudo misturado para nós porque temos um número patético de pontos, mas deveríamos estar em uma posição melhor nesse ponto do campeonato dado que entramos no Q3 em quase todas as provas”, afirmou Key à Autosport.

A dificuldade da equipe é encontrar as soluções para as quebras, que têm ocorrido por motivos diversos. “Todos os problemas foram diferentes, o que gera uma grande frustração. É ótimo quando você tem uma área de fraqueza, mas quando são várias e sempre aparece coisa que você não viu antes, e que depois desaparece, é muito duro.”

Outro reflexo destes problemas é no desenvolvimento do carro. “Simplesmente não conseguimos descobrir quais eram os pontos fracos do carro durante a pré-temporada, pois tivemos muitas quebras.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias