Capacetes, números dos pilotos e demonstrações: detalhes das novas regras da FIA

Medidas publicadas pela entidade determinam que cascos não devem sofrer mudanças drásticas em suas cores

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) publicou detalhes das novas regras de capacete da Fórmula 1. No mês passado, figuras do alto escalão da categoria votaram em uma medida que impede que os pilotos troquem regularmente as cores de seus capacetes. Segundo os dirigentes, os cascos são importantes para que os fãs reconheçam com mais facilidade os competidores.

[publicidade]A FIA exige que os pilotos devem ter substancialmente as mesmas cores no capacete a cada rodada do campeonato. Entretanto, pequenas mudanças, como a inclusão de novos patrocinadores ou alterações leves de design, estão liberadas.

A entidade também revelou o que acontecerá com os números dos pilotos que estão inativos. Desde o início da temporada passada, os competidores têm de escolher um número fixo para levar até o fim da carreira, mas havia a incerteza sobre o que aconteceria em uma eventual aposentadoria.

Segundo a nova regra, a carreira de um piloto na Fórmula 1 será considerada terminada se ele não participar de um evento da categoria por duas temporadas consecutivas.

Uma outra alteração foi a autorização para que as equipes realizem breves eventos de demonstração do carro após o final da temporada. A regulamentação prevê que a exibição "só pode ser realizada entre o final da última corrida do campeonato e o final do ano civil".

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias