Carro não vai bem no seco e Force India faz só dois pontos

Bólido não rendeu na corrida o mesmo que no treino, disputado no molhado. Hulk caiu de 4° para 9° e Di Resta terminou em 11°

Hulk foi o melhor da Force India em Hockenheim

Nico Hulkenberg foi um dos grandes destaques do sábado, quando, debaixo de chuva, conseguiu a quarta colocação no grid. Hoje, porém, o carro da Force India não rendeu bem na pista seca e tanto ele, como seu companheiro Paul di Resta acabaram ficando para trás. O alemão ainda conseguiu somar dois pontos, fechando em 9°, mas o escocês, que havia largado da 9ª posição terminou a corrida em 11º.

“Sempre soubemos que seria muito difícil permanecer na quarta posição, pois o carro não parecia estar forte no seco. Mas como largamos na frente, esperávamos um pouco mais do que o nono lugar. Fizemos a estratégia certa, com três paradas. Não dava pra tentar uma parada a menos. Pelo menos eu tive uma primeira parte forte, algumas batalhas boas e foi bom sair daqui com pontos”, disse Hulk, que deixou Hochenheim com o 15° lugar no campeonato, com 19 pontos.

Para Di Resta, faltou ritmo aos carros da Force India. “Foi uma corrida difícil, Lotus e Sauber estavam com mais ritmo do que a gente. Talvez pudéssemos ter sido mais agressivos na estratégia, com uma parada a menos, mas estava difícil entender os pneus. Temos velocidade, mas hoje não conseguimos demonstrá-la e por isso fiquei fora dos pontos. “Espero que possamos encontrar o ponto ideal na Hungria”, destacou o escocês. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias