Caterham admite que está longe de suas metas para o ano

Equipe de Kovalainen e Petrov esperava lutar por pontos, mas tem um 13º lugar como melhor resultado até aqui

Depois de duas temporadas e meia na F-1, o diretor técnico da Caterham, Mark Smith, admitiu que a equipe não atingiu suas metas. O time de Haikki Kovalainen e Vitaly Petrov esperava estar mais próximo das equipes do meio do pelotão e dos pontos, porém, o melhor resultado da equipe foi um 13º lugar com Kovalainen em Mônaco.

“A corrida da Hungria é um bom indicativo de onde estamos. Ambos os pilotos andaram bem e não cometeram nenhum erro. Os pitstops e a estratégia foram bons e os esforços que todos fizeram, aqui na pista e na fábrica, não podem ser questionados. No entanto, não estamos onde queríamos e sabemos que há muito trabalho a fazer para atingir nossas metas.”

No último GP, em Budapeste, Kovalainen foi o 17º e Petrov, o 19º.

“O lado positivo é que a pausa nos dará tempo para recarregar as baterias, e temos a segunda metade da temporada para atingir o nível de performance que queremos para 2012. Temos a infraestrutura, as pessoas certas e, com a mudança para Leafield, temos a fábrica, então está tudo certo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias