Caterham muda sua sede para a cidade de Leafield, no Reino Unido

As primeiras a desembarcarem no local da antiga fábrica da Arrows e Super Aguri são as equipes de F-1 e GP2 da empresa

A equipe Caterham de F-1 - e, com ela, todo conglomerado, que inclui o time de GP2 e a fabricante de carros de rua - tem a partir de hoje uma nova residência, em Leafield, Inglaterra. Nesta segunda começa o retorno às atividades, já que a fábrica ficou fechada por duas semanas por causa das férias de verão.

Anteriormente, desde a época em que entrou na Fórmula 1, ainda com o nome Lotus em 2010, o time tinha base em Hingham, a cerca de 300km da nova sede.

O complexo de Leafield já foi usado anteriormente pela Arrows e Super Aguri, e recebeu grandes melhorias para acolher a equipe de Tony Fernandes.

"É difícil de acreditar que há três anos, estávamos em uma fábrica vazia em Hingham, onde começamos uma equipe de Fórmula 1 em 2009 com somente quatro funcionários e uma lista de trabalhos bastante assustadora e que muitos diziam que era inatingível", disse Tony.

"As equipes de F-1 e GP2 serão as primeiras a ter seus lugares em Leafield. A Caterham Cars vem logo em seguida. O restante da empresa continuará em Norfolk e alguns escritórios na Alemanha. Mas a ideia é ter tudo isso em um lugar só", completou Fernandes, que se disse muito feliz com a mudança.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias