Caterham nega dívida com a Pirelli e se garante no grid para Suzuka

Escuderia descartou qualquer problema com a fornecedora de pneus

Caterham negou problemas com a fornecedoras de pneus
A crise financeira da Caterham não abalará o time até o final desta temporada. Pelo menos é o que garante a diretoria do time. Nesta quarta-feira, Manfredi Ravetto, chege da escuderia, garantiu que não há crise com a Pirelli, a qual, segundo a imprensa europeia, afetava até o fornecimento dos pneus para o GP de Suzuka.
 
[publicidade] “Esses rumores são estúpidos. Teremos pneus em Suzuka como é normal”, limitou-se a dizer o chefe da equipe, em entrevista ao ‘Omnicorse’.
 
Além da Caterham, a Pirelli tratou de afastar qualquer boato. Noticiou-se na última terça que a fornecedora realizara um ultimato ao time para quitar as dívidas antes do GP do Japão.
 
“A Caterham terá pneus fornecidos até o final da temporada. Não há problemas”, destacou Roberto Boccafogli, diretor de comunicação da Pirelli para a categoria máxima do automobilismo.
 
A Caterham vive um difícil momento financeiro. Para receber dinheiro de maneira urgente, a equipe até convida pilotos a ocupar o cock-pit da equipe no campeonato. O nome de Roberto Merhi, que conta com forte apelo de investidores russos, é cogitado há algumas semanas.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias