Chefe culpa imprensa por pilotos atuais agirem feito “robôs”

Vice-diretor da Lotus, Federico Gastaldi entende opinião de Emerson Fittipaldi mas ressalta que os tempos mudaram

O vice-diretor da Lotus rebateu as críticas feitas por Emerson Fittipaldi nesta semana ao modo dos pilotos da F1 agirem e se expressarem. O argentino Federico Gastaldi entende que os maiores culpados de os pilotos estarem cada vez mais políticos e contidos nas entrevistas não são as equipes, e sim a imprensa.

Para ele, a deturpação dos discursos fazem com que eles naturalmente parem de se expressar como poderiam.

"Eu entendo o que o Emerson está dizendo, mas só sei que nós como equipe não fazemos nada para controlar o que os nossos pilotos dizem e pensam", disse ele.

"Os próprios pilotos estão livres para decidir dizer o que pensam, mas hoje é um mundo diferente de quando Emerson era piloto. Agora, se você diz qualquer coisa só um pouco fora do normal, ela é repetida de forma deturpada, analisada e vomitada em todas as formas de mídia.”

“Acho que muitos pilotos têm tido uma abordagem prudente para com isso. Quanto menos controverso você é, menos tempo você gasta respondendo a perguntas sobre este assunto.”

"Essa é parte da razão pela qual os pilotos têm soado excessivamente políticos quando se faz muitas perguntas a eles. Eles querem guiar, não passar horas discutindo opiniões sobre se Kim Kardashian deve aparecer ou não na capa da revista Rolling Stone."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias