Chefe da Ferrari alfineta modelo de 2014 e diz: “O melhor carro é o que vence”

Maurizio Arrivabene voltou a criticar o último carro, mas assegurou que está satisfeito com o visual do SF15-T

A Ferrari inicia 2015 com uma filosofia clara: deixar para trás o fiasco da temporada passada. Maurizio Arrivabene, chefe da equipe, e James Allison, diretor-técnico, não perdem uma oportunidade de depreciar o modelo utilizado por Kimi Räikkönnen e Fernando Alonso em 2014. No lançamento do SF15-T, o mandatário ferrarista não economizou nas críticas ao último carro.

[publicidade]"Há tempos, o melhor carro na Ferrari é o que vence. No ano passado, tivemos um carro feio e que não venceu. Eu gostei do carro deste ano. Não sei em relação à performance, mas o visual me agrada", opinou Arrivabene, que substitui Marco Mattiacci.

James Allison já havia afirmado que o objetivo transmitido para Sebastian Vettel e Kimi Räikkönnen para este ano são muitos claros: brigar pelo topo.

"Nossas metas para 2015 são simples: no ano passado, fomos muito lentos, não fomos competitivos. Assim, o que queremos é fazer um carro competitivo", disse.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias