Chefe da McLaren acusa Red Bull de quebrar regras de rádio em Cingapura

Eric Boullier apontou ajuda da Red Bull a Ricciardo durante o último GP de Fórmula 1

Boullier acusou a RBR de burlar as regras
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) modificou as regras da comunicação entre pilotos e equipes durante as corridas. A primeira prova sob a nova regulamentação ocorreu no último domingo, em Cingapura, na qual os times passaram com louvor. Entretanto, o evento não passou incólume na opinião de Eric Boullier.
 
[publicidade] Em entrevista concedida depois da corrida, o chefe da McLaren acusou a Red Bull de burlar as regras no último final de semana. Boullier afirmou que a escuderia ajudou Daniel Ricciardo com mensagens indiretas.
 
“Essa nova regra nos deixa mais ocupados ouvindo as ordens para ver se não estão fazendo nada como a Red Bull fez duas vezes com Ricciardo. Acho que era um código, então cabe à FIA investigar. Foi uma mensagem estranha. Uma vez ok, mas duas, três vezes, é estranho”, questionou.
 
Boullier se incomodou com a seguinte mensagem da Red Bull a Ricciardo: ‘Evite as zebras na saída, que isso pode ajudar com o problema de carro’. Antes da corrida, a entidade máxima do automobilismo havia sentenciado que tal recado estaria proibido (contato com a zebra).
 
A acusação da McLaren, entretanto, não repercutiu na Red Bull. Christian Horner negou qualquer irregularidade durante a corrida em Cingapura, na qual a escuderia terminou com dois pilotos no pódio – Sebastian Vettel foi o segundo, enquanto Daniel Ricciardo o terceiro.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias