Christian Horner aprova mudança da FIA: 'É hora dos pilotos serem pilotos'

Chefe da Red Bull apoiou a alteração na comunicação entre paddock e pilotos

Horner aprovou a 'independência' dos pilotos
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) limitou a comunicação de rádio entre pilotos e as equipes já para o Grande Prêmio de Cingapura, etapa marcada para o dia 21. Apesar das restrições, a decisão agradou a muitos, como Christian Horner, chefe da Red Bull.
 
[publicidade] Em entrevista concedida para comentar o veredicto da FIA, Horner aprovou ‘o isolamento’ dos pilotos a partir de Cingapura – as equipes estão proibidas de darem dicas para melhorar o desempenho dentro da pista.
 
“É a altura dos pilotos serem pilotos, de eles pilotarem. Ele deve estar apenas por si quando está no cockpit, precisam de instruções sobre pit-stops e segurança, mas nada de pedir conselhos sobre que mudança escolher ou porque tal piloto está um décimo mais rápido”, disse em entrevista ao ‘The Times’.
 
O objetivo da FIA na decisão é tornar os pilotos mais independentes. Os diretores se apegaram ao artigo 20.1 do regulamento esportivo da categoria, o qual diz que ‘o piloto deve guiar o carro sozinho e sem a ajuda’. 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias