Circuito do Azerbaijão está próximo de ser homologado pela FIA

Organizadores da primeira prova de F1 no Azerbaijão afirmaram que pista está praticamente pronta e creem que o circuito será homologado pela FIA em breve

A organização do GP da Europa crê que o circuito de Baku, no Azerbaijão – o país sediará uma etapa de Fórmula 1 pela primeira vez na história – deve ser homologado pela FIA em breve. O traçado, de seis quilômetros de extensão, fica na região do Boulevard de Baku, passando pelo centro histórico da cidade.

O chefe da organização da prova, Arif Rahimov, disse ao Motorsport.com que a situação está prestes a ser definida e que não haverá problemas para deixar a pista pronta a tempo.

"O traçado está definido, há apenas pequenos detalhes em relação à segurança que ainda precisam ser ajustados, mas assim que a homologação for definida faremos os ajustes. Estivemos com Charlie Whiting na Hungria para conversar sobre nossa pista e ouvir o que ele tinha a dizer. Não temos praticamente nenhum problema (na pista)", afirmou.

Rahimov disse ainda que o traçado de Baku oferecerá muitas oportunidades de ultrapassagem para os pilotos. "Sim, a reta dos boxes é enorme e há uma freada forte para a curva 1, trecho que proporcionará muitas chances de ultrapassagem. Além deste, há muitos outros pontos na pista em que os pilotos poderão tentar superar os oponentes”, observou.

Objetivo: criar uma cultura de automobilismo no país

A capacidade das arquibancadas em Baku será de 90 mil espectadores, mas os organizadores consideram a criação de uma área geral de admissão para receber mais pessoas.

Rahimov destacou ainda que a organização do GP da Europa está trabalhando no sentido de aumentar a popularidade da Fórmula 1 no Azerbaijão. O objetivo é garantir que a categoria permaneça no país por um longo tempo.

"Antes de qualquer coisa, precisamos nos certificar de manter o interesse da comunidade da F1 e de todos que a acompanham. Desta forma, garantiremos que, assim que conhecerem nossa estrutura, eles ficarão com vontade de retornar. Nosso objetivo é organizar a melhor corrida possível para garantir a realização da prova nos anos seguintes”, ponderou.

"Além disso, estamos desenvolvendo um programa para aumentar a popularidade da F1 dentro do país, pois não há uma cultura de automobilismo aqui. Nosso plano é fazer aparições na televisão e criar ações de marketing para aumentar o interesse no esporte”, encerrou o dirigente.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa Baku
Pista Streets of Baku
Tipo de artigo Últimas notícias