Cirurgia no cotovelo deve acelerar recuperação de Kubica

Como o braço direito segue imobilizado desde o acidente em fevereiro, os médicos não puderam forçar exercícios de reabilitação

Kubica se prepara para entrar no carro em imagem do ano passado

 

Seguindo seu programa de reabilitação após sofrer um grave acidente de rali em fevereiro, Robert Kubica poderá acelerar o processo após a cirurgia no cotovelo à qual será submetido no final deste mês.

A informação é do médico responsável pela recuperação do polonês, Riccardo Ceccarelli.

“Com seu cotovelo imobilizado, não tivemos a chance de fazer um programa de recuperação total, da maneira que faríamos normalmente”, explicou à Autosport.

Isso porque, desde o acidente, Kubica ainda não tirou a proteção que inibe os movimentos do braço direito, o membro mais afetado na batida.

“No entanto, mantivemos as outras juntas se movimentando o máximo possível, visando ter o máximo de flexibilidade e de massa muscular para quando o cotovelo for liberado.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias