Clima britânico surpreende a Ferrari, que larga em 16º e 18º

Alonso e Raikkonen se mostram confiantes de que ritmo do carro pode ajudá-los a ganhar posições na corrida

A Ferrari cometeu o mesmo erro da Williams e confiou demais no radar que apontava que a chuva cessaria no final da primeira parte da classificação para o GP da Grã-Bretanha, demorou para liberar seus pilotos e acabou eliminada com ambos ainda no Q1. Assim, Fernando Alonso vai largar apenas em 18º e Kimi Raikkonen, em 19º (16º e 18º após punições).

[publicidade]“Quando chove é sempre loteria, as coisas podem ir muito bem ou muito mal. É fácil cometer erros. Se tivéssemos colocado os pneus para pista seca 30 segundos antes, a história seria diferente. Nos treinos, nosso ritmo era muito forte, mas é impossível saber como estará o tempo na corrida.”

Raikkonen, por sua vez, não esperava um resultado tão ruim, mesmo com as condições variáveis na pista. “Sabíamos que esse clima tornaria a classificação imprevisível, mas definitivamente não esperava um resultado como esse. Não vai ser fácil ganhar terreno na corrida, mas faremos o melhor para isso, também porque hoje eu tive uma sensação melhor do que nos treinos e não vejo motivos para que não tentemos ter uma corrida melhor.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias