Clima tipicamente britânico provoca grid maluco em Silverstone

Quem se deu mal no finalzinho foi Lewis Hamilton, apenas sexto. Massa é eliminado ainda no Q1

A típica chuva britânica jogou contra Lewis Hamilton, apenas sexto na classificação para o GP da Grã-Bretanha, mas deu a chance de Jenson Button largar em terceiro lugar. Na frente, deu Nico Rosberg,  que larga ao lado de Sebastian Vettel.

O chove e para de Silverstone trouxe várias surpresas para o grid de largada. Entre elas, a eliminação dos dois pilotos de Williams e Ferrari ainda na primeira parte do treino. Felipe Massa vai largar apenas em 15º.

Q1

[publicidade]Com uma leve garoa caindo antes da primeira parte da classificação, os pilotos foram à pista com pneus intermediários. Nestas condições Lewis Hamilton encontrou um caminho só seu e foi mais de um segundo mais rápido que todos os demais, com os quatro primeiros colocados na Mercedes e Red Bull.

Com quatro minutos para o final, a pista começou a secar e todos voltaram com os pneus médios, com direito a Marussia com terceiro e sexto lugares. Porém, voltou a chover em determinados pontos ainda não eram ideais para o pneu slick e muitos pilotos ficaram pelo caminho.

Alonso foi um dos que rodou e ficou de fora do treino, o mesmo acontecendo com seu companheiro de Ferrari, Raikkonen, e com a dupla da Williams, Massa e Bottas, que saíram tarde demais e foram atrapalhados por uma série de bandeiras amarelas no final. Com isso, Bottas larga em 17º, seguido por Massa, Alonso e Raikkonen. Quem não saiu do treino por pouco foi Sebastian Vettel, que fez o 16º tempo.

Os dois pilotos da Caterham, ao contrário da rival Marussia, não conseguiram se aproveitar da oportunidade e também foram eliminados.

Q2

Os pilotos voltaram à pista com os intermediários e um cenário parecido com o Q1 apareceu, com Hamilton em primeiro com os pneus para pista molhada mas, com cinco minutos para o final, começaram a aparecer alguns pilotos com pneus slick.

Depois das primeiras tentativas, era Vettel quem estava de fora do top 10, junto de Grosjean, Gutierrez, Bianchi, Chilton e Sutil. A exemplo do Q1, com os pneus slick, as Marussia apareceram novamente no top 10 com 2 minutos para o final e Vettel também conseguiu melhorar e se garantiu no Q3.

Com um minuto para o fim, novamente uma bandeira amarela atrapalhou os pilotos que deixaram para marcar seu tempo no finalzinho, com a batida de Esteban Gutierrez. Mesmo assim, não deu para as Marussia, que se classificaram em 12º e 13, e passaram para a parte final do treino as duas Mercedes, Red Bull, Toro Rosso, Force India e McLaren.

Q3

A última parte da classificação começou com pista seca, mas quando os pilotos estavam no meio de sua primeira volta, voltou a chover e todos tiveram de se segurar na pista e tentar dar a melhor volta possível para garantir seus tempos.

Nestas condições, as Mercedes funcionaram bem melhor do que os demais e Hamilton fez o primeiro tempo, pouco menos de dois décimos mais rápido que Rosberg. Ambos foram mais de um segundo mais rápidos que os demais, com Perez em terceiro.

A chuva parecia ter parado, mas logo voltou em certos pontos e alguns pilotos decidiram voltar à pista. A situação mais complicada era de Vettel, que não tinha feito volta rápida. O primeiro trecho estava realmente bem mais lento devido à chuva, mas os demais haviam secado, o que deu a chance para Nico Rosberg fazer o melhor tempo, com Vettel em segundo e Button em terceiro. Hamilton, que tinha a pole provisória, não aproveitou o melhor momento da pista e larga apenas em sexto. Hulkenberg foi quarto e Magnussen, quinto. Perez, Ricciardo, Kvyat e Vergne completaram o top 10.

Ao vice-líder do campeonato, que esperava aproveitar a força extra de correr em casa para tirar parte da vantagem de 29 pontos de Rosberg, resta esperar que, a exemplo do que aconteceu em sete oportunidades de 2003 para cá, o pole não consiga vencer em Silverstone.

No fim da tarde, Pastor Maldonado foi excluído do grid de largada por não ter combustível suficiente para os testes feitos pela FIA.

A largada para o GP da Grã-Bretanha será às 9h pelo horário de Brasília.

Confira o grid:

1. Nico Rosberg  Mercedes  1m35.766s          
2. Sebastian Vettel  Red Bull-Renault  1m37.386s  +1.620s  
3. Jenson Button  McLaren-Mercedes  1m38.200s  +2.434s  
4. Nico Hulkenberg  Force India-Mercedes  1m38.329s  +2.563s  
5. Kevin Magnussen  McLaren-Mercedes  1m38.417s  +2.651s  
6. Lewis Hamilton  Mercedes  1m39.232s  +3.466s  
7. Sergio Perez  Force India-Mercedes  1m40.457s  +4.691s  
8. Daniel Ricciardo  Red Bull-Renault  1m40.606s  +4.840s  
9. Daniil Kvyat  Toro Rosso-Renault  1m40.707s  +4.941s  
10. Jean-Eric Vergne Toro Rosso-Renault  1m40.855s  +5.089s  
11. Romain Grosjean  Lotus-Renault  1m38.496s  +3.626s
12. Jules Bianchi  Marussia-Ferrari  1m38.709s  +3.839s
13. Adrian Sutil  Sauber-Ferrari  sem tempo
14. Valtteri Bottas  Williams-Mercedes  1m45.318s  +4.938s
15. Felipe Massa  Williams-Mercedes  1m45.695s  +5.315s
16. Fernando Alonso  Ferrari  1m45.935s  +5.555s
17. Max Chilton  Marussia-Ferrari  1m39.800s  +4.930s (PUNIÇÃO)
18. Kimi Raikkonen  Ferrari  1m46.684s  +6.304s
19. Esteban Gutierrez  Sauber-Ferrari  1m40.912s  +6.042s (PUNIÇÃO)
20. Pastor Maldonado  Lotus-Renault  1m44.018s  +9.148s (PUNIÇÃO)
21. Marcus Ericsson  Caterham-Renault  1m49.421s  +9.041s
22. Kamui Kobayashi  Caterham-Renault  1m49.625s  +9.245s

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias