Colin Kolles admite que chefes de equipe o consideram louco

Dirigente da Hispania compara colegas a "funcionários de banco" e diz que assusta porque fala o que pensa

Colin Kolles é um ex-dentista romeno

Um ex-dentista vindo da Romênia, com semblante controvertido, que se tornou dirigente máximo de uma equipe de F-1. O chefe da Hispania, Colin Kolles, admitiu que seus colegas de paddock o consideram “louco”, mas garantiu ao motorline.cc que não se importa muito com isso.

“Acho que tenho o respeito de Bernie Ecclestone e ele sabe o quanto o respeito. É o que importa”.

O romeno explicou que o fato de sempre dar suas opiniões faz com que destoe do resto dos dirigentes.

“É porque eu tenho coragem. Porque digo o que penso. Muitos desses cavalheiros são apenas administradores – são como funcionários de banco.”
Kolles disse ainda que não vê problemas com sua conduta.

“Essa é a diferença. Podem dizer que sou maluco ou lunático, mas tenho clareza no caminho que sigo.”

A equipe de Kolles, a Hispania, é a única que não faz parte da Associação das Equipes, a FOTA.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias