Com chassi número 5, Vettel aposta em 'número da sorte' para ir bem em Cingapura

Alemão brincou com a situação de precisar de um novo chassi, mas mostrou confiança em uma boa provaa

Vettel valorizou a relação com a RBR e evitou especulações
O sorriso fácil voltou ao rosto de Sebastian Vettel. O tetracampeão, que vive uma temporada aquém do esperado, mostrou-se animado com a etapa deste final de semana do Mundial de Fórmula 1. O alemão confia no número da sorte para subir de rendimento em Cingapura.
 
[publicidade] “Bom, tenho o chassi número 5 para essa corrida, eu gosto do número 5, então acho que isso é bom – só espero não terminar em quinto”, brincou um tranquilo Vettel.
 
A postura sorridente do alemão contrasta com a tensão das últimas semanas, nas quais o alemão viu o nome envolvido na especulação de mercado da categoria máxima do automobilismo.
 
O nome de Vettel entrou como possível reforço da Ferrari, mas o alemão tratou de reiterar a intenção de seguir no time austríaco, afastando qualquer relação com Maranello.
 
“Eu tenho muito a dar aqui, especialmente por conta deste ano não ter sido dos melhores. Tenho muito trabalho a fazer e voltar para cá”, disse o alemão, que enalteceu o ‘casamento’ com a Red Bull. 
 
“Tenho contrato e nada mudou. A relação que tenho com a Red Bull é muito especial. Eles me apoiam desde os meus 12 anos, e pretendo carregar a bandeira da Red Bull por muito tempo”, completou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias