Com confirmação de Bianchi, 6 pilotos reservas andarão em Mugello

Das sete equipes que divulgaram a escalação para os testes, apenas Ferrari e Marussia usarão só os titulares

Bianchi faz parte do programa de pilotos da Ferrari

Com a confirmação por parte da Force India de que o francês Jules Bianchi pilotará o carro da equipe no primeiro dos três dias de testes coletivos em Mugello, sobe para cinco o número de equipes que confirmou a participação de pilotos reservas. Das sete equipes que divulgaram até agora quem assumirá o cockpit em cada dia, apenas Ferrari e Marussia optaram por usar só seus pilotos titulares.

Além de Bianchi, Valtteri Bottas, da Williams, Jerome D’Ambrosio, da Lotus, Oliver Turvey e Gary Paffett, da McLaren, e Rodolfo Gonzalez, da Caterham, andarão em 1º de maio na pista italiana. Red Bull, Mercedes, Sauber e Toro Rosso ainda não divulgaram sua programação, enquanto a HRT já avisou que não participará dos testes.

Nesta quinta-feira, a Marussia confirmou que seus titulares Charles Pic e Timo Glock pilotarão por um dia e meio cada nos testes, que serão os primeiros da equipe com o carro deste ano

Escalação para os testes de Mugello, entre 1º e 3 de maio:
 

Williams: Bottas – Senna – Maldonado
Ferrari: Alonso – Massa – Alonso
McLaren: Turvey e Paffett (ainda não confirmados)
Lotus: D’Ambrosio – Raikkonen – Grosjean
Force India: Bianchi – Di Resta – Hulkenberg
Caterham: Gonzalez – Petrov – Kovalainen
Marussia: Pic - Pic/Glock - Glock

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias