Com Fittipaldi, FIA define comissão para investigar acidente de Bianchi

Federação Internacional de Automobilismo anunciou o grupo nesta segunda-feira; Brawn e Domenicalli também fazem parte

FIA se movimenta para investigar o acidente de Bianchi (foto)
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta segunda-feira a comissão responsável por investigar o acidente de Jules Bianchi, ocorrido no GP do Japão, no último dia 5; o piloto francês segue internado em estado crítico por conta da colisão com um trator na pista de Suzuka.
 
[publicidade] Em nota divulgada no site oficial, a FIA explicou os próximos procedimentos sobre o caso. No grupo anunciado, consta a presença do brasileiro Emerson Fittipaldi e dos ex-ferraristas Ross Brawn e Stefano Domenicali.
 
“O grupo vai realizar uma revisão completa do acidente para obter um melhor entendimento do que aconteceu e proporá novas medidas para reforçar a segurança nos circuitos, com recomendações a serem feitas ao presidente da FIA (Jean Todt)”, emitiu a entidade, em nota.
 
“O trabalho do grupo começará nesta semana, e uma apresentação completa dos seus resultados será feita no próximo encontro do Conselho Mundial de Automobilismo em 3 de dezembro de 2014 em Doha, Catar”, completou, no texto, a entidade máxima do automobilismo.
 
O conselho escolhido pela FIA terá a presidência de Peter Wright, mandatário da comissão de segurança da entidade. 
 
Também farão parte das investigações Gerd Ennser (representante dos comissários de pista), Eduardo de Freitas (diretor do Mundial de Endurance), Roger Peart (presidente da comissão de circuitos), Antonio Rigozzi (juiz da corte de apelação da FIA), Gérard Saillant (presidente da comissão médica) e Alex Wurz (presidente da associação de pilotos).
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias