Com furo de pneu na largada, Nasr quer esquecer GP da Itália

A Sauber do brasileiro toca carro da Lotus e perde oitavo lugar obtido após a largada; Sueco Marcus Ericsson vai bem e pontua

A corrida para Felipe Nasr em Monza foi bem desapontadora. O piloto da Sauber acabou tendo dificuldades após uma largada tumultuada. Seu carro tocou na Lotus de Grosjean e furou um de seus pneus traseiros. Ao ter que ir para o box ainda na primeira volta Nasr arruinou sua corrida, já que qualquer recuperação a partir deste atraso se tornou bastante improvável.

"Eu tive uma grande largada e estava no top-10 depois de ganhar algumas posições. Após a primeira chicane, senti um furo no pneu traseiro direito. Tive de fazer um pit stop mais cedo”, lamentou.

"Ficou claro que a minha corrida estava comprometida a partir daquele momento. É lamentável, porque o carro era competitivo o suficiente para terminar a corrida nos pontos.”

“Eu tentei o meu melhor hoje. E é ótimo que, como equipe, tenhamos sido capazes de marcar pontos com o Marcus. Agora estou focado no GP de Cingapura."

Apesar de ter sido ultrapassado na última curva por Ricciardo, Ericsson comemorou seus dois pontos em Monza. "Fiquei satisfeito com o meu início e minha primeira volta.”

“Estávamos esperando lutar contra os nossos concorrentes diretos aqui em Monza. Durante a corrida eu tive um bom ritmo, por isso consegui pressionar Nico Hülkenberg. Certamente foi uma das corridas mais fortes até agora este ano.”

“Obviamente, é frustrante ter perdido uma posição na última curva da última volta. Eu desgastei meus pneus um pouco demais para tentar ultrapassar Nico. Não consegui me defender contra Daniel Ricciardo. Um final doce e amargo para uma corrida forte."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Sub-evento Domingo pós-corrida
Pista Monza
Pilotos Felipe Nasr
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias