Com novidades no carro, Barrichello prefere a cautela

Brasileiro não se deixa levar pelo bom rendimento e os primeiros pontos obtidos pela Williams na temporada, em Mônaco

Barrichello marcou seus primeiros pontos no campeonato em Mônaco

Rubens Barrichello não se deixou levar pelos primeiros pontos na temporada, obtidos em Mônaco. Ainda que a Williams tenha ido bem com ambos os pilotos – Pastor Maldonado era sexto quando foi atingido por Lewis Hamilton, a seis voltas do final – o piloto brasileiro prefere adotar a cautela.

“De certa forma, acho que a gente volta ao status do ano passado, porque classificamos melhor do que corremos. Vamos ver então como serão as próximas provas”, afirmou ao TotalRace.

Barrichello ressalta que a Williams terá novidades para Montreal, outro circuito com características especiais, onde a pressão aerodinâmica não faz tanta diferença.

“Para o Canadá, temos uma asa dianteira nova e eles querem testar coisas diferentes no assoalho. Acredito que, abrindo o caminho dos pontos, possamos mergulhar neles mais frequentemente.” 


A Williams terá uma nova asa dianteira, dutos de freio e difusor modificado para testar durante os treinos livres. Para Pastor Maldonado, será um GP de aprendizagem.


“Essa corrida será muito difícil para mim, especialmente no início do final de semana, porque não conheço o circuito. Precisarei me adaptar dia a dia porque é importante estar 100% pronto para a classificação no sábado. O carro, o time e meu desempenho estão melhorando, então tudo parece positivo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Rubens Barrichello , Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias