Com "pena", Hamilton não acredita em McLaren forte em 2016

Ex-piloto da McLaren, Lewis Hamilton disse que sente “pena” em ver a equipe no final do grid. O inglês afirmou, ainda, que não acredita que o time terá um carro competitivo no próximo ano

O atual momento da McLaren é péssimo. Mesmo com dois campeões mundiais guiando seus carros, – Fernando Alonso e Jenson Button - a equipe sofre para disputar as últimas posições do pelotão. O carro em nada se parece com o que deu o título a Hamilton, em 2008. Por isso, o piloto da Mercedes olha para o atual momento e se declara “com pena”:

“É uma equipe que ainda tem um pedaço do meu coração”, disse Hamilton ao jornal espanhol AS. “Vê-los sofrer assim, sabendo do quão competitivos eles são historicamente, não é fácil. Quando vejo eles no final das transmissões, com a Manor, eu me sinto mal.”

O atual líder do campeonato também elogiou a atual dupla de pilotos. Para ele, Button e Alonso são “os melhores” do atual grid.

“Eles são dois pilotos nos quais eu não estou lutando contra no momento, e eu espero que isso mude em breve”, disse Hamilton.

Porém, quando perguntado se ele pensa que a McLaren irá finalmente deslanchar em 2016, o piloto da Mercedes admitiu que não espera tamanha melhoria já para o próximo ano. “Cara, você nunca pode dizer nunca, mas eu acho que não”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias