Companheiro de piloto mais leve do grid, Bottas teve de suar a camisa

Para não perder terreno para o 'baixinho' Massa, o finlandês trabalhou duro na pré-temporada

Não é fácil ser companheiro de Felipe Massa, piloto mais baixo do grid: afinal, a altura menor faz com que o brasileiro seja o mais leve da categoria – e como o piloto é considerado parte do peso total do carro, ser mais leve ajuda na hora de andar mais rápido na pista.

Sabendo disso, o novo companheiro do brasileiro, Valtteri Bottas, intensificou seus treinos para perder cerca de 4kg durante a pré-temporada.

“Com as novas regras, tudo o que você puder eliminar ajuda, porque você fica com mais lastro para ajustar o carro. Não é nada complicado, é só comer menos e treinar mais. Fiz sessões mais longas de corrida e de bicicleta”, explicou. “Quando você tem a motivação e uma meta, sabendo que vai ganhar tempo de volta com isso, não é difícil.”

Agora, com capacete, HANS e macacão, maneira como os pilotos são pesados, Bottas tem cerca de 72kg. E seu peso corporal está em torno de 67kg.

Essa necessidade de perder peso foi gerada pelo regulamento. Isso porque, mesmo que o limite mínimo de peso do conjunto carro + piloto tenha sido aumentado em 43kg para este ano, a nova unidade de potência – composta pelo motor turbo e pelos sistemas de recuperação de energia – acabou ficando mais pesada do que o esperado quando as regras foram escritas. E, quanto mais magro o piloto, mais abaixo do limite mínimo o carro fica e maior a possibilidade da equipe usar lastros para melhorar seu equilíbrio.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias