Compatriotas ajudam Paul Di Resta a se firmar na Fórmula 1

Piloto da Force India afirma que Jackie Stewart e David Coulthard lhe dão conselhos para uma adaptação plena à categoria

Paul Di Resta durante o desfile dos pilotos no GP da Austrália

Com a desclassificação dos pilotos da Sauber após a corrida do último domingo, Paul di Resta foi promovido ao 10º lugar do GP da Austrália e se tornou o único estreante a pontuar na abertura do Mundial. Mas não foi só isso: também repetiu o feito de um ilustre compatriota seu, o tricampeão Jackie Stewart, que também somou um ponto em sua primeira corrida na Fórmula 1, o GP da África do Sul de 1965.

Hoje, Stewart está sempre pronto para ajudar Di Resta no que for preciso. Outro conselheiro do piloto da Force India é David Coulthard. "Sempre sonhei em fazer parte desse mundo um dia e é muito bom ter gente como Jackie e David me aconselhando. Eles me apoiam muito e esse tipo de conselho não dá para comprar. Espero usar isso da melhor maneira possível para otimizar minha performance na pista", falou o piloto.

Di Resta reconhece que o legado deixado por seus compatriotas é enorme. Especialmente para o maior de todos eles. "Ser escocês é uma grande reponsabilidade, pois temos provavelmente o piloto mais famoso de todos os tempos na Fórmula 1: Jim Clark. Ele ainda é muito apreciado no paddock, mesmo tendo vivido muitos anos atrás”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Paul di Resta
Tipo de artigo Últimas notícias