Confiabilidade dos carros será posta à prova em 2014, alerta diretor da Ferrari

Para Pat Fry, novas regras deixaram os carros mais complexos e isto aumentará número de quebras

Marcada por poucos abandonos nos últimos anos, a F1 tem tudo para mostrar um cenário diferente em 2014. Na opinião do diretor de engenharia da Ferrari, Pat Fry, as novas regras proporcionaram um grande desafio à consistência dos carros.

"Ultimamente, a confiabilidade dos carros de F1 tem sido incrível, mas este ano, divido à enorme complexidade dos carros, essa confiabilidade será bastante desafiada, principalmente nos na qualificação e na corrida”, disse Fry ao site oficial da Ferrari.

Segundo o engenheiro, o trabalho das equipes aumentou muito com os novos carros. “No lado mecânico, houve um enorme aumento da complexidade, de modo que  construir as peças do carro, mudar e reconstruí-las é uma grande tarefa”, explicou.

"Nos testes, trabalhamos 24 horas por dia, em turnos, para garantir que o carro estaria pronto, mas, uma vez que chegamos a Melbourne, estamos mais restritos pelas regras sobre o que podemos realmente fazer e quantas horas estamos autorizados a trabalho”, continuou Fry.

Para ele, um dos grandes mistérios de 2014 é relação ao consumo de combustível. “Em algumas corridas, o combustível será limitado e teremos de trabalhar a melhor maneira de economizá-lo. Efetivamente, estaremos equilibrando energia elétrica com consumo de combustível e é nosso trabalho descobrir a melhor combinação para cada corrida”, concluiu.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias