Confiante com Pat Symonds, Glock diz que "carro não é tão ruim"

Para alemão, chegada do ex-diretor da Renault irá ajudar a Marussia a evoluir bastante em relação à engenharia

Glock está confiante para 2013

Caso a HRT realmente não seja comprada, a Marussia iniciará a próxima temporada como candidata mais forte a ser o pior time do grid, mas seu único piloto confirmado até o momento, Timo Glock não está pessimista. Segundo ele, a chegada do ex-diretor de engenharia da Renault, Pat Symonds, terá um grande impacto na equipe.

“O carro do ano que vem não me parece muito ruim”, minimizou o alemão em entrevista à Autosport. “Nós sabemos que temos muito a melhorar ainda na pista, mas tivemos mais tempo para testar no túnel de vento e tudo parece estar no lugar certo, o que ótimo”, disse Glock, feliz com a chegada de Symonds.

“Ter Pat nas corridas certamente nos ajudará, pois ele tem muita experiência, já ganhou campeonatos e pode dar um olhar de fora”, comentou sobre o diretor que foi afastado da Fórmula 1 em 2009, após vir à tona o caso de Cingapura 2008, quando Nelsinho Piquet bateu de propósito para favorecer Fernando Alonso.

“Tenho um relacionamento muito bom com ele, é um cara divertido e que sabe o que está falando. Com ele podemos melhorar juntos, já que há muita coisa para evoluir na questão da engenharia. Isto não quer dizer que somos ruins no momento, mas que dá para melhorar”, concluiu.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Timo Glock
Tipo de artigo Últimas notícias