Confira os comentários de outros pilotos em Mônaco

Veja o que acharam pilotos de Williams, Toro Rosso, Sauber, Force India, Hispania, Virgin e Lotus após o primeiro dia

Carro da Toro Rosso em Mônaco

 

Sergio Perez, Sauber, 12°: "Foi um dia bom para mim. Tivemos um grande cronograma e muito trabalho. De manhã foi um pouco difícil com os pneus, pois saímos cedo e a performance caiu. à tarde, tentei os supermacios e dizemos um 'long run'. Espero poder ser capaz de fazer uma boa classificação."
 
Sebastien Buemi, Toro Rosso, 14°: "Tecnicamente, foi um dia positivo e temos um dia extra para analisar tudo, o que será útil. Temos uma boa referência dos pneus, o que será útil para a classificação e a corrida. No fim da segunda sessão, acertei a proteção da curva da Tabacaria com a traseira do carro."
 
Pastor Maldonado, Williams, 15°: "Demos muitas voltas e o carro se mostrou consistente. Rubens e eu dividimos as novas partes no segundo treino para comparação. Tive novo assoalho e a asa traseira antiga, enquanto Rubens usou o assoalho antigo e a nova asa. Por enquanto, meu assoalho está rendendo bem, mas precisamos olhar os dados do carro de Rubens pela decisão melhor."
 
Kamui Kobayashi, Sauber, 16°: "Para mim foi um pouco traiçoeiro. Meu carro balançava bastante e não tinha aderência suficiente. Temos de achar uma solução para isso. Estava tão ruim que não pude julgar os pneus."
 
Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 17°:  "Foi uma tarde útil, que ressaltou muitas coisas que precisavamos ver com mais atenção. Não estou certo sobre a degradação dos pneus. No momento, quero ter mais confiança no carro. Desde a Espanha, não estou me dando bem com os freios e perdendo a traseira. Estou certo de que conseguiremos resolver isso."
 
Heikki Kovalainen, Lotus, 18°: "Não tão ruim. Completamos todo o cronograma, afinamos o ajuste e acho que teremos mais trabalho à noite. Os níveis de degradação foram melhores que muitos esperavam e trarão estratégias interessantes para lidar."
 
Jarno Trulli, Lotus, 19°: "Foi bom. Conseguimos bons dados que podemos usar para ficar em uma posição melhor no sábado. Tive problemas com o tráfego, então existe mais ritmo por vir. Também testamos a confiabilidade e é isso que precisamos para brigar na classificação."
 
Paul di Resta, Force India, 20°: "Foi meu primeiro gosto desta pista e fiquei feliz com a manhã. O equilíbrio estava bom logo de cara, especialmente nas partes velozes. Trabalhamos para lidar com as ondulações e aprimorar a aerodinâmica. À tarde, tive um problema e fui obrigado a estacionar, então perdi uma hora de pista com os pneus supermacios."
 
Jerome D'Ambrosio, Virgin, 21°: "Acho que foi um dia justo. Foi minha primeira vez em Mônaco com um carro de F-1 e foi muito bom. Adquirimos bons dados das 'long runs', mas será estranho esperar até sábado para voltar ao carro. Para o primeiro dia, estou feliz."
 
Timo Glock, Virgin, 22°: "No geral, foi um dia bom. Não tivemos problemas no carro em nenhum dos treinos e andamos em um ritmo parecido dos outros com pneus macios, então tudo correu bem".
 
Narain Karthikeyan, Hispania, 23°: "A sessão da tarde foi difícil, acho que o equilíbrio do carro pela manhã estava melhor. Tive problemas com o banco, e precisamos resolver isso logo. Não foi o melhor dia no geral, pois demorei para me acostumar ao circuito."
 
Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24°: "Foi um dia difícil, pois tive um acidente de manhã e não pude andar a segunda sessão. Não tenho muito a dizer, apenas que o carro teve um problema com a traseira em uma das ondulações e a traseira ficou perdida na saída do túnel."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Tipo de artigo Últimas notícias