Conversa rápida: Jean Alesi

Embaixador e porta-voz da Lotus Renault, o ex-piloto francês avalia a performance do time em Xangai e dá sua opinião sobre as novas regras da F-1

Jean Alesi reprova asa móvel e diz que Kers não faz diferença

Jean Alesi está de volta à Fórmula 1. O francês, dono de técnica e arrojo inconfundíveis, mas com apenas uma vitória na categoria, conquistada no GP do Canadá de 1995, agora atua como porta-voz da equipe Lotus Renault.

No GP da China, o ex-piloto das equipes Tyrrell, Ferrari, Benetton, Sauber, Prost e Jordan fez uma análise da performance de Nick Heidfeld e Vitaly Petrov nas curvas fechadas e longas retas do circuito de Xangai. Veja o que ele disse:
 
Após dois pódios, o resultado não veio na China. O que você pensa da performance em Xangai?
Antes de tudo, é difícil dizer, pois, após duas corridas fantásticas com pódios, não é ideal que você não consiga cumprir o esperado na etapa seguinte, mas acho que ainda devemos ficar felizes com o carro. Para mim, está claro que as coisas passaram a ir errado na classificação. Não tenho os detalhes do carro de Petrov, mas isso, aliado ao fato de termos esperado demais para ir à pista significou que Heidfeld também obteve um resultado ruim. Do lado positivo, ambos foram velozes no Q1 e a primeira volta de Petrov no Q2, que o colocou em quarto, mostrou que o carro é definitivamente rápido.
 
Ambos tiveram de se recuperar na corrida e, olhando para trás, a estrategia de três paradas os favoreceria melhor, mas, como todos dirão, é fácil falar isso com a corrida terminada. A equipe teve um bom progresso e administrou para ter a melhor velocidade do carro durante o fim de semana, o que é um desenvolvimento muito positivo. Assim como algumas lições que tiramos da corrida, acho que é importante focar no lado positivo: os carros foram rápidos na classificação, terminaram a prova e Petrov somou pontos valiosos.
 
Vitaly andou bem e trouxe pontos, mas nenhum piloto ficou feliz com o resultado. Isso é algo bom ou ruim que a equipe terá três semanas para administrar?
Do lado do piloto, você quer voltar na hora e provar que pode fazer melhor, especialmente quando se tem um bom carro. Do lado da equipe, sei que eles possuem desenvolvimentos, então acho que todos estão com vontade de ir logo à pista e voltar logo à boa forma.
 
Falando de forma geral, a corrida foi bastante agitada. Após três provas empolgantes, como você avalia o impacto das novas mudanças no regulamento?
Na minha opinião, o maior impacto deste ano certamente foram os pneus; perto do fim da corrida, as coisas ficaram realmente intensas e isso da perspectiva dos fãs é ótimo - criam corridas excitantes e imprevisíveis. Não sou um grande fã de como a asa móvel está operando; acho a ideia ótima, mas não estou convencido sobre sua implementação. E o Kers não funciona direito para mim, mas vamos ver como as próximas corridas se desenrolam. Uma coisa é certa: as corridas neste ano são entretenimento reais, acho que estamos vendo uma temporada clássica!

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias