Corpo de Juan Manuel Fangio será exumado

Teste de paternidade fará com que corpo de pentacampeão da Fórmula 1 seja retirado após quase 20 anos de sua morte.

A justiça argentina ordenou a exumação do corpo de Juan Manuel Fangio. Oscar Cesar Espinoza quer o reconhecimento de paternidade e conseguiu a aprovação do judiciário para teste de DNA.

O procedimento vai acontecer no dia 7 de agosto, pouco depois do aniversário da morte de Fangio, que faleceu no dia 17 de julho de 1995.

O corpo será removido da cidade de Balcarce, local em que o piloto nasceu, e será levado até Mar del Plata, para o teste.

Fangio nunca foi casado ou teve algum filho reconhecido, mesmo passando boa parte de sua vida com Andrea Berruet, mãe de Espinoza.

O piloto começou a correr nos anos 1930. Famoso pela sua tática e competitivo quando necessário, ele ganhou títulos com a Alfa Romeo, Maserati, Mercedes e Ferrari, somando 24 vitórias na Fórmula 1.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Juan Manuel Fangio
Tipo de artigo Últimas notícias