"Corri sozinho", admite Hamilton após vitória fácil na China

Inglês descontou mais sete pontos em relação ao companheiro Rosberg e agora está a quatro da liderança

A bordo do melhor carro disparado do grid atual, Lewis Hamilton está remando aos poucos para recuperar o terreno perdido com o abandono na primeira prova. Desde então, foram três vitórias seguidas, sempre com o companheiro Nico Rosberg em segundo. E a diferença no campeonato vai caindo: agora apenas quatro pontos separam os dois pilotos da Mercedes.

“Não conseguiria ter feito isso com o trabalho duro da equipe”, destacou o piloto, que venceu o GP da China de ponta a ponta. “Não acredito o quão bom é o carro e o quanto a equipe trabalhou. Tive de fazer várias mudanças depois da segunda sessão de treinos livres e, mesmo com a chuva do sábado, o acerto funcionou e os pneus duraram. Corri sozinho.”

Tudo que o inglês pode esperar daqui em diante é que a Mercedes continue dominando – e ele siga superando o companheiro.

“Estou feliz que Nico está aqui porque são bons pontos para a equipe. Vamos continuar evoluindo e vou trabalhar duro porque os outros estão forçando para nos alcançar, então espero nosso rendimento atual continue.”

E pensar que, há pouco mais de dois anos, quando anunciou que sairia da McLaren para se juntar ao time alemão, Hamilton foi bastante criticado. Naquele momento, a Mercedes tinha vencido apenas uma prova desde assumir o controle da antiga Brawn, em 2010. Porém, o campeão de 2008 acreditou que o time tinha a estrutura necessária para lidar melhor com a extensa mudança de regulamento já acertada para 2014.

E foi uma jogada certeira. Enquanto a McLaren sequer pontuou no GP da China, a Mercedes chegou, na China, aos 97 pontos de vantagem para vice-líder Red Bull. “Sempre acreditei na minha decisão quando troquei de equipe, mas jamais poderia imaginar que seria tão bom”, admitiu Hamilton. “Não lembro de ter tido um carro tão bom, que eu conseguisse colocar onde eu quisesse. Além disso, nunca pilotei melhor”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias