Corrida movimentada de Fernando Alonso termina em punição

Espanhol chegou a lutar pelo pódio, mostrando o bom ritmo de corrida da Ferrari, mas terminou em sexto após toque com Hamilton

Alonso fugiu da polêmica ao comentar sobre punição:

O espanhol Fernando Alonso terminou o GP da Malásia na sexta colocação depois de outra corrida movimentada neste início de campeonato da 2011. O piloto da Ferrari acabou não perdendo posições após ter 20s acrescidos a seu resultado final, por ter provocado um acidente com Lewis Hamilton. Ao menos a corrida serviu para mostrar que a diferença da Ferrari para McLaren e Red Bull é bem menor em ritmo de corrida do que o 1s que teve de desvantagem na classificação.

>> >> >> >>

Alonso largou em quinto e, a exemplo do que aconteceu na Austrália, perdeu posições logo nas primeiras curvas.

“Larguei bem dessa vez, passei Mark (Webber) e depois fiquei em um sanduíche. Aí as Renault me passaram por fora e logo Felipea me superou na curva seguinte. Perdi algumas posições, porém fui recuperando durante a corrida”, contou, em entrevista acompanhada pelo TotalRace.


Sem a asa traseira móvel funcionando desde a volta 18, quando tentou acioná-la para ultrapassar um retardatário e sentiu que nada ocorria, Alonso teve de forçar para passar Hamilton e ambos acabaram se tocando. Naquele momento, lutava pelo pódio.

“Com Lewis, tinha apenas duas voltas para ultrapassar, as primeiras do pneu, porque com a degradação você começa a perder rendimento. Tentei em diversos lugares, já que a asa traseira não funcionava. Tive de mudar as trajetórias, frear mais tarde, arriscar um pouco mais e, no final das contas, nos tocamos. Fui obrigado então a trocar a asa e perdi algumas posições a poucas voltas do fim.”

Perguntado se acreditava que Hamilton tivesse tirado o pé para que batessem, Alonso foi direto. “Nenhuma possibilidade”. O espanhol afirmou que não sabia porque havia sido punido, mas evitou polêmicas ao comentar a decisão. “Continuo em sexto, então não importa.”

Falando sobre a diferença de ritmo da Ferrari entre a classificação e a corrida, o espanhol não soube explicar o porquê do abismo em relação a McLaren e a Red Bull aos sábados.

“Com certeza o pódio era possível hoje, mas não sabemos porque vamos melhor nas corridas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias