Corrida no deserto servirá para Williams comprovar desempenho

Se os resultados ficaram prejudicados pelas classificações na chuva, a hora é de mostrar serviço, aponta chefe

O final de semana do GP do Bahrein não traz apenas esperança para a Williams por ser disputado em um circuito no qual o carro deve se adaptar melhor do que nas etapas anteriores, mas também pela pequena possibilidade de chuva no deserto. Sem água, a equipe espera uma classificação melhor – e uma corrida consequentemente mais tranqüila.

“Seria bom ter uma classificação melhor”, admitiu a chefe substituta da equipe, Claire Williams. “Temos um bom ritmo de corrida, as duas primeiras corridas mostraram que, se a classificação não for boa, podemos ganhar posições – particularmente nas largadas, ambos os pilotos estão largando muito bem. Mas seria melhor largar no top 10 e ver onde terminamos.”

Com pouca pressão aerodinâmica na parte traseira, o carro da Williams é instável e isso dificulta a reaceleração, problema exacerbado pela chuva, fator que também diminui a aderência. Apesar de torcer para um final de semana no seco, Claire também quer ver este problema resolvido.

“Adoraríamos uma classificação no seco para que pudéssemos ter uma ideia do que podemos fazer nesse tipo de condição, mas é o mesmo para todos. É o que todos querem. O carro, é claro, não rende bem na chuva e estamos trabalhando nisso. No seco, devemos ir melhor aqui.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias