Crescimento da Williams fez Mercedes mudar estratégia

Toto Wolff revela que a pole de Felipe Massa na Áustria serviu como um alerta para a equipe

A primeira parte da temporada foi praticamente perfeita para a Mercedes, com nove vitórias em 11 etapas, dando tranquilidade tanto no mundial de construtores, quanto no de pilotos, que ficou restrito a Lewis Hamilton e Nico Rosberg.

[publicidade] Contudo, o diretor administrativo do time, Toto Wolff, admite que os rivais estão se aproximando e afirmou que isso muda a forma da equipe encarar as provas. “Acho que tivemos um início muito bom, fizemos mais quilômetros [nos testes], mas eventualmente eles vão igualar isso. Não éramos bons o suficiente na Áustria e a Williams estava muito bem, então dá para ver como é rápido.”

O austríaco revelou que aquela prova, em que Felipe Massa fez a pole e Valtteri Bottas foi ao pódio, foi uma espécie de alarme para a Mercedes.

“Começamos a mudar nossa abordagem quando vimos o quão perto a Williams estava. Não precisamos levar nossos carros ao limite se tivermos uma vantagem – eles podem disputar com uma pequena margem de temperatura, pressão. Não precisa forçar muito se está lutando com o companheiro. Mas mudamos essa abordagem depois de Spielberg porque, emu ma situação como aquela, é preciso dar tudo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias