Críticas fizeram a Fórmula 1 ganhar mais atenção, diz chefe

Para membro do conselho da F1, campeonato pode colher mais apelo do público em momento adverso

Com o interesse e a audiência caindo, a F1 vive um momento de mudança para voltar a angariar novos fãs. Mesmo com as recentes preocupações, o membro não-executivo do conselho da categoria, Martin Sorrell, acredita que as críticas que têm sido feitas possam surtir um efeito contrário.

Em entrevista à agência de notícias Associated Press, Sorrell disse que os comentários crescentes fizeram o campeonato ganhar mais manchetes. "O interessante é que quando esportes estão sob pressão é uma psicologia reversa – as pessoas começam a ficar mais interessadas.”

"Quanto mais pressão existe no esporte, acho que, de alguma forma, ele se torna mais interessante, não o contrário."

Sorrell admite, no entanto, que os maus comentários sobre a F1 não são bons para atrair novos patrocinadores ou investidores, mesmo tendo em vista as grandes mudanças prometidas para 2017 para tentar melhorar o show.

"Obviamente teremos mudanças que ajudarão o esporte", disse Sorrell. "Mas eu estou olhando do ponto de vista do marketing. Conversando com alguns de nossos clientes, eles se dizem muito interessados no esporte, mas, obviamente, perturbados por algumas das coisas que leem e ouvem.”

"Isso cria uma sensação de instabilidade ou insegurança que não é boa, mas acho que é daí que chegam as grandes oportunidades."

"A F1 oferece um enorme potencial. O esporte em geral está se tornando cada vez mais importante, e, com eventos ao vivo, o preço dos direitos está aumentando bastante. Então, se você pensar na F1 nesse contexto, deveremos ter mais oportunidades de crescimento, não menos."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias