D'Ambrosio: "Lotus é diferente de qualquer coisa que tenha pilotado"

Na primeira oportunidade guiando o carro da equipe da qual é piloto de testes, belga só lamenta pouco tempo de pista

D'Ambrosio deu apenas 40 voltas em Mugello

A volta a um cockpit da F-1 e a estreia na equipe Lotus não saíram exatamente como planejado para Jerome D’Ambrosio. O piloto, que disputou a temporada 2011 pela Marussia, completou menos da metade do planejado no primeiro dia de testes em Mugello devido à chuva.

No entanto, foi o suficiente para o belga perceber as diferenças entre um carro que já fez pódio nesta temporada e o que pilotou ano passado.

“Instantaneamente me senti muito bem. O E20 realmente é um carro fantástico, totalmente diferente de qualquer coisa que tenha pilotado antes. No seco, logo ficou claro que é um bom carro em termos de estabilidade e previsibilidade, é um carro fácil de guiar.”

Mas as 40 voltas que acabou dando, sendo apenas 20 com pista seca, acabaram frustrando o piloto. “Estava programado para eu fazer 100 voltas e, como piloto, você sempre quer andar o máximo possível. No fim das contas, a equipe é o mais importante, mesmo que você queira ir à pista. Mas medindo os riscos, decidimos não sair mais depois da tempestade do início da tarde.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jérôme d'Ambrosio
Tipo de artigo Últimas notícias