De "folga", Button vê Ferrari próxima da Red Bull

Inglês erra, não consegue voltar para a pista e acompanha treino dos boxes insatisfeito com o acerto do carro

Button em ação; inglês deu apenas 22 voltas

A sexta-feira em Cingapura não foi de longo trabalho para Jenson Button. O campeão do mundo de 2009 cometeu erro e um problema em seu carro o impediu de volta ao treino.

“Eu travei rodas na curva 14 e iria bater no muro. Coloquei a ré e fui bem lento para trás. De repente, não ia mais. Imaginei voltar à pista dali, mas não tinha espaço suficiente. Então tentei de novo a ré e não foi. Acho que algo não funcionou direito”.

Com apenas 12 voltas na primeira sessão e 10 na segunda, Button terminou o dia frustrado. “Não andei muito hoje e apenas usei os compostos macios. Para ser sincero, não achei um bom acerto. Precisava andar mais para melhorá-lo. Fiquei decepcionado, mas temos algumas boas ideias para amanhã sobre o que podemos fazer”.

Para o inglês os compostos da Pirelli terão novamente um peso grande. “Olhando pela TV, acho que todos nós teremos problemas com os pneus. Parece que todas as equipes estão super-aquecendo os pneus em apenas três voltas. Tem gente que acha que os pneus são muito macios para cá, mas se não tivéssemos a aderência necessária tampouco seria fácil”.

Do pouco que pode ver de dentro da pista, Button ficou impressionado com a velocidade das rivais. “Sebastian e a Red Bull estavam muito rápidos. E as Ferrari também estão bem em long-runs”. Pódio é viável?, perguntou repórter sobre o bom momento pelo qual passa Button. “No momento não muito”, finalizou o inglês que terminou no pódio as últimas três etapas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias