De penúltimo para 11º: "Carro funcionou bem", diz Schumacher

Alemão lutou contra Daniel Ricciardo no fim da corrida em busca de um lugar na zona de pontuação, mas não conseguiu

Fazendo uma corrida de recuperação no Grande Prêmio do Japão após largar de 23º em virtude de uma punição de dez lugares no grid de largada, o heptacampeão Michael Schumacher diz que sua corrida foi especial e que sua Mercedes se comportou como devia.

"O carro funcionou muito bem como estávamos esperando. Com certeza foi uma prova muito especial", disse Schumacher ao TotalRace, que cruzou a linha de chegada em 11º após brigar muito com Daniel Ricciardo pela décima colocação na prova.

Fazendo uma estratégia de pneus diferentes, já que foi um dos poucos que largou com os duros, Schumacher aproveitou disso para ganhar posições: "Ter uma gestão boa dos pneus e das paradas nos pits foi crucial para ganhar tantas posições", finalizou o alemão, que anunciou sua aposentadoria para o fim desta temporada.

Companheiro de equipe de Michael Schumacher, Nico Rosberg teve problemas logo na largada, quando acabou envolvido em um toque com Bruno Senna e deu adeus à corrida: "Fiz uma boa largada, mas infelizmente minha corrida terminou mais cedo. Foi uma pena, pois estava confortável no carro na volta de instalação e confiante que pegaria bons pontos. Espero ter um fim de semana melhor na Coreia", comentou Rosberg.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias