Decepcionado após quarto lugar de Valência, Hamilton muda o tom

Piloto inglês, que havia dito que título estava "praticamente" decidido, garante que nunca vai desistir da briga

Hamilton marcou apenas 20 pontos nas últimas três corridas

Lewis Hamilton pode ter jogado a toalha logo após terminar o GP da Europa em quarto lugar, mas voltou atrás e disse que ainda está na luta pelo campeonato. O inglês, que há três provas aparecia como o grande rival de Sebastian Vettel pelo título, somou apenas 20 pontos nos últimos três GPs, contra 68 do alemão.

Por meio de seu twitter, o piloto da McLaren pediu para os fãs ignorarem o que leem nos jornais. “Minha equipe nunca vai desistir, assim como eu. Que venha Silverstone, onde a torcida significa o mundo para nós. Estou indo para a fábrica agora para fazer tudo o que puder com a equipe”.

Não era bem esse o tom do domingo, quando Hamilton disse que seria errado pedir à McLaren algo diferente do que vinha sendo feito. “Podemos fazer um trabalho melhor? Eu posso, eles podem, sempre há o que melhorar. Mas eles estão no limite, dando o máximo que podem. Às vezes funciona, às vezes não. Não tenho as respostas.”

O inglês afirmou ainda que o título estava “praticamente” decidido e que não estava confortável com o carro. “E não irá melhorar para a próxima corrida. Esperamos que esteja um pouco mais frio lá, talvez nos ajude, mas não temos a pressão aerodinâmica da Red Bull e, agora, da Ferrari.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias