Declarações de chefe deixam vagas da McLaren em aberto

Eric Boullier diz que time busca projeto a longo prazo em termos de pilotos e coloca em dúvida futuro de Button e Magnussen

As especulações a respeito de mudanças na dupla de pilotos da McLaren aumentaram depois que o chefe da equipe, Eric Boullier, afirmou ser compreensível que seus atuais comandados, Jenson Button e Kevin Magnussen, estejam “desconfortáveis” sobre a possível permanência na próxima temporada.

[publicidade] Nenhum dos dois tem contrato para 2015 e a McLaren vem deixando claro que não tem pressa de fechar sua dupla para o ano que vem. Isso tem alimentado rumores de que a equipe busca substitutos, tanto para Button, que faz sua quinta temporada em Woking, quanto para Magnussen, que vive seu ano de estreia. Além de campeões do mundo, como Fernando Alonso e Sebastian Vettel, pilotos mais jovens também têm sido cotados, como Valtteri Bottas e o piloto da GP2 Stoffel Vandoorne.

“Estamos trabalhando na estratégia de dupla de pilotos para os próximos anos”, afirmou Boullier ao site oficial da F-1. “Para mim é importante dizer anos porque estamos procurando por algo para os próximos três ou até cinco anos.”

Segundo o francês, a equipe tem tempo para pensar. “Mesmo que seja desconfortável para os pilotos, o que eu entendo, temos de colocar nossas prioridades em primeiro lugar.”

Mesmo assim, Boullier fez questão de destacar o trabalho da atual dupla de pilotos. “Eles tem andado melhor do que podíamos esperar. Primeiro não demos um carro bom o suficiente para eles e é claro que, quanto pior o carro, mais difícil ele é de pilotar. Estamos tentando melhorar a performance o quanto antes.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias