Depois de 10 anos, diretor esportivo está de saída da Renault

Steve Nielsen estaria insatisfeito com a presença de John Wickham, que desenvolve estudo para melhorar a eficiência dentro do time

Nielsen (à esquerda) conversa com Boullier

A reestruturação da equipe Renault, adiantada pelo chefe da equipe, Eric Boullier há algumas semanas começa a tomar forma. Depois de um início de temporada de altos e baixos, a primeira vítima é o diretor esportivo Steve Nielsen.

Nielsen está na equipe há mais de 10 anos e deve cumprir seu contrato, que acaba no final deste ano. No entanto, o atual engenheiro chefe Alan Permane terá mais poder dentro do time e John Wickham deve ganhar espaço.

A presença de Wickham, que vem desenvolvendo um estudo para melhorar a eficiência dentro do time inglês, teria desagradado Nielsen e seria o verdadeiro motivo da saída. A relação de Wickham com a Genni, que comanda a Renault, vem dos tempos em que o profissional era diretor técnico e de operações da A1GP.

Wickham chegou a trabalhar com a F-1 na década de 1980, quando era representante da Honda.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias