Depois de Alonso, McLaren também troca o motor de Button

Após o abandono de Jenson Button no último treino livre antes da classificação, equipe é obrigada trocar o propulsor do inglês.

A McLaren entrou em sinal de alerta neste sábado. Após Jenson Button abandonar a última sessão de treinos livres antes da classificação, a equipe decidiu trocar o motor do piloto inglês. Fernando Alonso já havia trocado o seu no final de semana. Verstappen entra no quinto motor e vai perder mais 10 posições.

Com a troca das unidades de potência, ambos os pilotos da McLaren ficam em sinal de alerta, pois ambos já entraram no quarto motor, dos que são permitidos no regulamento. A partir do quinto, eles vão tomar a punição automática de 10 posições no grid.

Com a troca do propulsor, Button ficará fora do treino de classificação, pois esse tipo de troca leva um tempo considerável, não o suficiente, para o inglês poder treinar.

Outro que trocou o motor é o holandês Max Verstappen, entretanto, ele já entrou em seu quinto motor e tomará uma punição de 10 posições. Isso soma com as cinco que ele já havia tomado em Mônaco, por conta do acidente com o Romain Grosjean, ou seja o pênalti acumulado do piloto da Toro Rosso é de 15 colocações no grid.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Jenson Button , Fernando Alonso , Max Verstappen
Equipes McLaren , Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias