Depois de confirmar presença em Abu Dhabi, Caterham demite funcionários

De acordo com administrador da equipe, ação aconteceu a pedido dos membros do time, que não estavam recebendo

Depois de fazer uma ‘vaquinha’ na internet e anunciar que vai participar da última etapa da temporada, em Abu Dhabi, a Caterham demitiu seus 230 funcionários.

[publicidade] O administrador da equipe, que não participou das últimas duas etapas disputadas, disse que as demissões foram um pedido dos funcionários, que não estavam sendo pagos. “Tenho certeza de que isso não é uma má notícia”, garantiu Finbarr O'Connell à BBC.

“É o que eles queriam porque facilita que eles recebam e, se você falar com qualquer um dos representantes dos funcionários, eles vão confirmar que 14 de novembro era a data que eles tinham me dado.

O time está em processo de insolvência há um mês, mas O'Connell adiantou que está em negociações para vender a equipe. “Tenho um encontro muito importante em Abu Dhabi com uma empresa seriamente interessada e as discussões com os outros estão continuando. Todos estão fazendo seu melhor para chegar ao objetivo, que é encontrar alguém que vá assumir o controle da equipe.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias