Desempenho do carro em Spa anima Barrichello para Monza

Brasileiro espera que a Williams siga com bom rendimento em pista semelhante à belga e descarta atualizações até o final do ano

Barrichello gostou do ritmo do carro na Bélgica

Apesar de não ter tido um domingo dos melhores, Rubens Barrichello ficou animado com o desempenho da Williams em Spa-Francorchamps, especialmente por seu companheiro, Pastor Maldonado, ter marcado seu primeiro ponto na F-1.

Como a característica do traçado belga é semelhante à da próxima etapa do Mundial, em Monza, o brasileiro acredita que possa somar mais pontos.

“Spa é um circuito de aerodinâmica média e fez com que estivéssemos mais competitivos. Achei que a gente andou rápido na corrida. Então, de uma certa forma, acho em que Monza, com baixa pressão aerodinâmica, a gente possa até pensar em alguma coisa no mesmo nível. Marcar pontinhos é sempre interessante em Monza.”

Barrichello salienta que será assim até o final do ano: a competitividade vai depender se o carro se adapta bem ou não à pista. Mesmo sem muitas atualizações, o objetivo é chegar na Toro Rosso, atualmente 17 pontos à frente da Williams na tabela dos Construtores. 

“Não acho que a gente vá ter muita evolução até o final do ano. Teremos de contar com corridas em que vamos marcando os pontos que der – não sei se teremos condições de chegar na equipe que está logo à frente no Mundial de Construtores – mas esse é o intuito.”

O piloto da Williams afirmou que a equipe deve levar melhoras básicas ao GP da Itália. “Tem asas novas em Monza mas isso todo mundo tem pela característica da pista.”

(colaboraram Felipe Motta e Luis Fernando Ramos)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias