Dinheiro de Maldonado alavanca lucros da Williams

Patrocinadores do venezuelano tiveram de pagar multa de quase 60 milhões de reais para liberá-lo

O pagamento da multa pela quebra de contrato de Pastor Maldonado ajudou bastante as finanças da Williams no último ano. O venezuelano deixou o time após três temporadas, dois anos antes do final do acordo, obrigando a petrolífera de seu país, a PDVSA, a pagar cerca de 55 milhões de reais.

O valor ajudou os lucros da equipe a aumentarem em 82 milhões de reais em comparação com 2012. Foi um ano movimentado na empresa, que vendeu a parte de tecnologia híbrida e fechou o centro de tecnologia que tinha no Qatar. O plano é reabri-lo na Inglaterra.

Mesmo com o desempenho ruim nas pistas, que lhe deu apenas o nono lugar entre os construtores – e, consequentemente, menos dinheiro – Frank Williams comemorou os resultados financeiros.

“É um momento de muito otimismo para o Williams Group. Começamos bem a temporada 2014 e esperamos continuar a melhorar nossa performance. Progredimos neste início também comercialmente e continuamos a atrair um grupo leal e entusiasmado de parceiros e torcedores.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias