Diretor da McLaren ainda acha possível alcançar a Red Bull

Paddy Lowe diz que time terá grandes novidades para as duas próximas provas e busca melhora nas classificações

Hamilton foi apenas o 10º na Coreia

Após mostrar muita força na metade da temporada, a McLaren teve desempenho discreto na última provas. Tanto no Japão quanto na Coreia ficou distante da Red Bull, que dominou as ações neste dois GPs. Para o diretor técnico da McLaren, Paddy Lowe, no entanto, ainda é possível reverter esta situação para as últimas quatro corridas.

"Eles ainda estão ao nosso alcance. Deram um ótimo passo em relação ao desenvolvimento do carro, mas nós estamos trabalhando em grandes coisas. Se será o suficiente eu não sei, mas temos mudanças que valerão tanto pra Índia, quanto pra Abu Dhabi", revelou Lowe.

Para o dirigente, o importante é andar bem em várias provas e não em uma só e é isto que a Red Bull parece ter conseguido. "Não dá para imaginar que eles melhoraram apenas em uma corrida. Eles tiveram um pacote eficiente para Cingapura, mas depois continuaram fortes", analisou.

Lowe acredita que é preciso voltar a andar bem principalmente nas classificações. "Este ano tem sido muito importante classificar-se na primeira fila, então temos que buscar isso", considera.

Com a queda, o time de Woking viu seus dois pilotos praticamente saírem da disputa pelo título e acabou perdendo até o segundo lugar no mundial de construtores, ao ser ultrapassado pela Ferrari. "Eu estaria mentindo se dissesse que estivemos no caminho certo. Foi decepcionante, claro, perder a posição no campeonato de construtores, mas estamos somente seis pontos atrás e isso é administrável. Haverá uma grande determinação para conseguir o segundo lugar de volta e eu sempre gosto de manter a Ferrari atrás de nós. Isso será o mínimo que deve ser gerenciado para temporada", definiu.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias